Líderes como aliados da Comunicação Interna

Canais inovadores, tecnologia, novas estratégias de mensuração. Esses são alguns dos temas que temos abordado recentemente, e que demonstram grande potencial para melhorar as relações entre empresa e seus colaboradores. Mas vale sempre lembrar que o novo vem para somar,  não para substituir estratégias que ainda dão bons resultados.

A comunicação por meio da liderança, já é uma estratégia consolidada em diversas empresas e que ganhou ainda mais força durante o ano passado. Segundo o levantamento State of the Sector, pesquisa mundial a respeito da comunicação interna, 33% dos comunicadores entrevistados planejam investir em ações que fomentem a comunicação através dos líderes diretos neste ano. Quando questionados a respeito de mensuração, 47% destes afirmaram que utilizam insights providos deste canal para analisar resultados, 12% a mais do que no ano anterior.  A tecnologia nos ajuda no dia a dia, mas o contato humano nunca poderá ser 100% substituído. 

Uma relação de parceria

A tarefa de chegar a todos os colaboradores, entregando mensagens claras, muitas vezes é desafiadora. Principalmente quando se tratam de assuntos mais delicados, canais mais pessoais e menos digitais, podem apresentar resultados melhores. E para isso, a parceria entre os estrategistas de comunicação e as lideranças, são essenciais. Cabe aos comunicadores identificar o melhor discurso, organizar e orientar os líderes da companhia, para que a disseminação dos conteúdos seja feita da forma mais otimizada e, assim, essa informação possa chegar ao maior número de funcionários possível.

Afinal, vale lembrar que os superiores imediatos são a principal conexão entre os níveis de uma empresa, sendo o elo entre as equipes e a alta administração. 

Alta liderança dando exemplo

É comum que algumas ações de comunicação sejam colocadas em prática sem considerar o envolvimento ou até mesmo o conhecimento da diretoria ou alto escalão da empresa.

Isso pode fazer com que essas iniciativas percam força, uma vez que não têm o endosso da alta liderança na mensagem transmitida ou mesmo com a participação ativa.

Identificar o melhor canal para os líderes e suas equipes

Quando a Comunicação Interna conta com os líderes da empresa para serem transmissores da mensagem, é importante compreender qual a melhor forma de alcançar o máximo de colaboradores daquele setor.

Os funcionários em questão ficam sempre no escritório? Ou se trata de uma equipe operacional, que trabalha a maior parte do tempo na rua? Eles priorizam a comunicação por e-mail ou verbal?

Entender os canais mais utilizados por cada time e orientar os seus respectivos líderes são a melhor forma de ter efetividade nesse processo de comunicação.

Timing e frequência são fundamentais

Na comunicação apoiada pelos líderes, assim como a de outros canais, deve ter uma rotina e frequência, para que tenha todo seu potencial aproveitado. Pensar em estratégias específicas para essa comunicação, aplicando ela no momento mais correto para a compreensão das mensagens. 

A frequência, pode ser atrelada a rituais de cada time. Por exemplo, equipes que fazem reuniões de alinhamento semanais, o líder pode incluir nesse momento os temas alinhados com a comunicação interna. Assim se estabelece o costume, e os colaboradores já terão ciência de que semanalmente poderão usar esse espaço para expressar suas opiniões e tirar dúvidas.

O timing também precisa ser planejado de forma correta e complementar à divulgação feita em outros canais. A intenção é contar com líderes para humanizar as informações e gerar relacionamento, e não para disseminar informações de última hora suprindo problemas de planejamento ou de entrega.

Comunicação olho no olho

Ainda que a tecnologia nos proporcione diversas facilidades para otimizar a comunicação, não podemos esquecer a importância da interação humana e o quanto essa forma de se comunicar pode fazer toda a diferença na transmissão, na absorção de conteúdo e na construção das relações.

Essa prática deve ser considerada para a comunicação entre todos os níveis da organização.

Ouvir mais e falar menos

Aproveitando o gancho do tópico anterior, saiba que tão importante quanto passar a informação de forma clara e eficiente é ouvir o que a sua equipe tem a dizer. A comunicação de um bom líder envolve saber fazer as perguntas certas para que os funcionários tragam as respostas e, muitas vezes, informações importantes.

Por isso, vale se aprofundar sobre os aspectos do universo da linguagem corporal, enquanto um método poderoso para a comunicação, assim como solicitar periodicamente um feedback sobre a sua liderança e como o seu modo de se comunicar é percebido pelos colaboradores.

Deixe um comentário